Le jugement

Écrit par Angelina Caussé. Publié dans Séquences

Une Bande dessinée de Quino qui sonde les apparences...

  • Lisez et écouter les mots de vocabulaire. Fixez-en l'orthographe et l'accentuation.

    O contexto

    a casa, em casa         →   sair
    a rua, na rua               →   ir para o trabalho
    no passeio                  →   ir trabalhar                    

    As personagens

    o patrão

    o dono de casa   →   mandar
    o homem sério    →   dar ordens

    o mordomo

    o criado               →  ter ordem de 
    o empregado       →  ajudar a vestir 
    o doméstico         →  calçar

    os jovens

    a estudante, o estudante       →  ir
    a jovem,  o jovem              →  andar
    a rapariga, o rapaz      →  passear
     

    Roupa e acessórios

    a roupa → vestir
    o traje → trazer
    o vestido → usar
    a manga → comprida
    a toga → comprida
    o lenço → largo
    a gravata → clássica
    o lacinho → uniforme
    o colete → o terno
    o chapéu → calçar
    as luvas → calçar
    os óculos → usar

  • Écoutez et lisez le commentaire en observant bien les formes verbales.

    O Juiz

    Numa rica propriedade, nos anos 70, um mordomo, o chefe dos criados, ajuda o dono de casa a vestir o casaco. O senhor veste-se de uma maneira muito clássica e elegante: um fato impecável, gravata, luvas e chapéu. O homem parece muito sério; usa óculos, bigode e tem pouco cabelo. Vai sair para ir, provavelmente, trabalhar.
    No caminho, na rua, ele um rapaz novo que pode ser estudante.
    O senhor tem nojo porque o rapaz tem cabelos compridos e roupa moderna, muito larga.
    Pouco tempo depois aparece uma rapariga nova que também deve ser estudante. Ela também está vestida à moda. O senhor tem novamente uma reacção de desprezo e segue o caminho. Ele censura as pessoas que se vestem de um modo diferente do dele.
    Chega ao trabalho. Despe-se, tira as luvas e o chapéu.
    Quando ele aparece no tribunal, vestido com roupa larga e comprida e com cabelo postiço, ficamos surpreendidos: aprendemos afinal a profissão do senhor pela sua roupa: é juiz. O trabalho dele consiste portanto em julgar pessoas, ele que costuma fiar-se nas aparências...
      Clique para escutar o texto realçado ! Numa rica propriedade, nos anos 70, um mordomo, o chefe dos criados, ajuda o dono de casa a vestir o casaco. O senhor veste-se de uma maneira muito clássica e elegante: um fato impecável, gravata, luvas e chapéu. O homem parece muito sério; usa óculos, bigode e tem pouco cabelo. Vai sair para ir, provavelmente, trabalhar. No caminho, na rua, ele vê um rapaz novo que pode ser estudante. O senhor tem nojo porque o rapaz tem cabelos compridos e roupa moderna, muito larga. Pouco tempo depois aparece uma rapariga nova que também deve ser estudante. Ela também está vestida à moda. O senhor tem novamente uma reacção de desprezo e segue o caminho. Ele censura as pessoas que se vestem de um modo diferente do dele. Chega ao trabalho. Despe-se, tira as luvas e o chapéu. Quando ele aparece no tribunal, vestido com roupa larga e comprida e com cabelo postiço, ficamos surpreendidos: aprendemos afinal a profissão do senhor pela sua roupa: é juiz. O trabalho dele consiste portanto em julgar pessoas, ele que costuma fiar-se nas aparências...

  • Escute e complete o texto seguinte com os verbos que faltam.

    O Juiz

    Numa rica propriedade, nos anos 70, um mordomo, o chefe dos criados, ...................... o dono de casa a vestir o casaco. O senhor ...................... -se de uma maneira muito clássica e elegante: um fato impecável, gravata, luvas e chapéu. O homem ...................... muito sério; ...................... óculos, bigode e ...................... pouco cabelo. ...................... sair para ir, provavelmente, trabalhar.
    No caminho, na rua, ele ...................... um rapaz novo que pode ser estudante.
    O senhor tem nojo porque o rapaz ...................... cabelos compridos e roupa moderna, muito larga.
    Pouco tempo depois ...................... uma rapariga nova que também deve ser estudante. Ela também ...................... vestida à moda. O senhor ...................... novamente uma reacção de desprezo e segue o caminho. Ele ...................... as pessoas que se ...................... de um modo diferente do dele.
    Chega ao trabalho. ...................... -se, ...................... as luvas e o chapéu.
    Quando ele ...................... no tribunal, vestido com roupa larga e comprida e com cabelo postiço, ...................... surpreendidos: ...................... afinal a profissão do senhor pela sua roupa: é juiz. O trabalho dele ...................... portanto em julgar pessoas, ele que ...................... fiar-se nas aparências...

  • 1. Descrição da primeira imagem

    Em casa

    1. Quantas personagens há na primeira imagem?
    2. Quem é a personagem principal ?
    3. Onde está ?
    4. Como sabemos que ele é rico?
    5. Que está a fazer ?
    6. O que está a fazer o criado?
    7. Como está : satisfeito ? Sério ?
    8. Como está ele vestido?
    9. Quais são os atributos do senhor ?
    10. O que há ao pé da mesinha ? 

    - Pistes pour les réponses

    Em casa : uma rica propriedade

    1. Quantas personagens há na primeira imagem? → Há dois homens : o patrão e o criado
    2. Quem é a personagem principal ? → O senhor que se está a preparar para sair ; o dono de casa
    3. Onde está ? → Em casa, deve ser uma rica propriedade – estar
    4. Como sabemos que ele é rico? → Tem um criado – um mordomo, chefe dos criados
    5. Que está a fazer ? → Está a  - vestir-se, calçar as luvas
    6. O que está a fazer o criado? → Ajuda o patrão a vestir o casaco
    7. Como parece o doméstico : satisfeito ? Sério ? → Muito Sério / satisfeito / orgulhoso – gostar de
    8. Como está ele vestido? → Usa um uniforme, uma farda
    9. Quais são os atributos vestimentares do senhor ? → terno, colete, casaco, calças, chapéu, luvas, óculos
    10. O que há ao pé da mesinha ? → uma pasta, para ir trabalhar

    2. Descrição da segunda imagem

    Na rua
    • 1. Quem são as personagens encontradas na rua?
      2. Como estão vestidos ?
      3. Como é a roupa ?
      4. Como usam o cabelo ?
      5. Que outros acessórios usam ?
      6. Como reage o senhor ?
      7. Porquê ?
      8. Os jovens parecem mesmo “desleixados” 

    - Pistes pour les réponses

    Na rua : o desprezo do senhor 

    1. Quem são as personagens encontradas na rua? → Jovens, estudantes - a passear ou andar na rua
    2. Como estão vestidos ? → confortavelmente – descontraídos à vontade – andam / vão para a faculdade
    3. Como é a roupa ? → mangas largas, calças compridas demais, saia larguíssima
    4. Como usam o cabelo ? → comprido, solto
    5. Que outros acessórios usam ? → óculos, cachecol, lenço
    6. Como reage o senhor ? → com desdém, desprezo, nojo / não os aprecia / não gosta da roupa nem da vida muito livre que eles simbolizam
    7. Porquê ? → São diferentes – mais novos – parecem “hippies” (anos 70..., anos do amor livre e da liberdade sexual)
    8. Os jovens parecem mesmo “desleixados” ? → não são nada desmazelados, estão apenas à vontade 

    3. Descrição da terceira imagem

    No tribunal

    1. Quem aparece na última imagem ?
    2. Onde é que ele trabalha ?
    3. O que é que aprendemos portanto ?
    4. Em que consiste a profissão dele ?
    5. Como está ele vestido ?
    6. Que pontos têm em comum as roupas dele e as usadas pelos jovens ?
    7. O que é que tem “graça” ?
    8. Que quis ilustrar o autor da BD  ?
    9. O que é que Quino critica ?
    10. Que pensa ele, talvez, do sistema judicial do seu país? 

    - Pistes pour les réponses

    No tribunal : uma justiça que se fia nas aparências...

    1. Quem aparece na última imagem ? → O senhor do princípio
    2. Onde é que ele trabalha ? → trabalha num tribunal
    3. O que é que aprendemos portanto ? → profissão : é juiz ,
    4. Em que consiste a profissão dele ? → julgar as pessoas
    5. Como está ele vestido ? → com a farda típica, a toga, o vestido comprido : roupa larga, comprida, mangas muito compridas e largas
    6. Que pontos têm em comum a roupa dele e a usada pelos jovens ? → a roupa que ele usa é parecida com a dos jovens !
    7. O que é que tem “graça” ? → Que julgar pelas aparências pode ser redutor e injusto
    8. Que quis ilustrar o autor da banda desenhada ? → a justiça expeditiva, sem análise nem reflexão
    9. O que é que Quino critica ? → a justiça injusta...
    10. Que pensa ele, talvez, do sistema judicial do seu país? → pesquisar... 

     

  • Travail en binôme : l'un interroge, l'autre répond.

    Imaginez des questions et des réponses à l'aide des éléments proposés. Enregistrez-vous.

    1. O lugar : Onde...?

    a casa - em casa
    a rua - na rua
    no passeio → sair
    ir para o trabalho
    ir trabalhar

    2. As personagens : Quem ?

    o patrão
    o dono de casa → mandar
    o homem sério → dar ordens

    o mordomo
    o criado → ajudar a vestir
    o empregado → calçar
    o doméstico → ter ordem de

    o estudante → encontrar
    o jovem
    a pessoa
    o passante
    o desconhecido
    ter uma reacção → de nojo
    → de desgosto
    → de repugnância
    a estudante
    a jovem
    a rapariga
    a passante
    a desconhecida

    A maneira : Como ? (A roupa - o traje)

    a roupa clássica

    o fato → trazer
    o terno → usar
    o casaco → ter
    as calças → vestir
    o colete → costumar usar
    os sapatos
    os óculos
    o chapéu
    as luvas - o par de luvas
    o porta-documentos
    a maleta → levar

    a roupa moderna

    as calças de ganga → andar à vontade
    os socos
    os chinelos
    a túnica larga, comprida
    as mangas
    o traje descontraído
    a fita no cabelo
    a pulseira
    o cachecol

    a cabeleira postiça → usar
    o cabelos compridos
    o uniforme (de juiz)
    a toga

    Porque ... ? Porquê ? : (Ideia - O «julgamento»)

    a aparência → prestar atenção (a)
    a opinião → pensar
    o aspecto (superficial) → ligar
    o valor... → julgar

  • Pour aller plus loin...
    • Etudier un conte sur le thème du jugement : A lenda do Galo de Barcelos
    • Evolução do vestuário (3655)
  • A2 - Prendre part à une conversation - 45

    Prendre part à une conversation : je peux communiquer lors de tâches simples et habituelles ne demandant qu’un échange d’informations simple et direct sur des sujets et des activités familiers. Je peux avoir des échanges très brefs même si en règle générale je ne comprends pas assez pour poursuivre une conversation (A2).
    [45] Je suis capable, dans les situations les plus courantes de la vie quotidienne de demander des renseignements.

    A2 - S’exprimer oralement en continu - 47

    S’exprimer oralement en continu : je peux utiliser une série de phrases ou d’expressions pour décrire en termes simples des gens, leurs conditions de vie, leur activité scolaire ou professionnelle actuelle ou récente (A2).
    [47] Je peux utiliser une série de phrases ou d’expressions pour décrire des conditions de vie.

    Thématique : Vivre ensemble

Tags: Niveau A2 Niveau B1 Arts Bande dessinée Notion : L’art de vivre ensemble

Clique para escutar o texto realçado !